0

Estar feliz…

É tão bom poder dizer que está feliz, até mesmo nos momentos de ócio continuar feliz, a vida às vezes é tão cruel que quando a felicidade resolve dar às caras, ela acaba assustando, mas logo acostumamos, porque acostumar a ser feliz não é difícil né?

Acordar e saber que tudo está dando certo, que a vaga na faculdade está garantida, que as aulas de canto estão indo bem, levar uma patada de carinho do seu filho de quatro patas e perceber que dormiu demais, perceber que tem tempo para praticar seu hobby com fotografias, mesmo que seja apenas para fotografar o cachorro… Isso pra mim basta para ser feliz.

Eu por muito tempo não tive essas coisas simples que hoje me fazem tão bem, pelo contrário, tive momentos de depressão que nem sei como consegui sair, mas eu sei que a felicidade também incomoda os outros, porque ser feliz não é pra todos né? Principalmente se você fica sentado, parado, esperando algo mudar do nada, isso não vai rolar, ser feliz requer tempo e esforço, ser feliz requer vontade, eu sei que a vida às vezes não colabora, eu sei muito bem, sei que ela pode e vai dar rasteiras que fazem perder a vontade de levantar, fazem pensar que ficar no chão é o melhor jeito de evitar outros tombos, pode até ser, mas melhor mesmo é conseguir levantar por si só, é poder falar para si mesmo que você conseguiu, mesmo com a vida tentando não deixar.

Minha vida está se acertando aos poucos, eu ainda tenho um pequeno buraquinho no peito, mas acho que só vou conseguir preencher mais tarde, é o buraquinho do “Por que não consegui isso tudo antes, como a maioria das pessoas que conheço?” Sim eu as vezes me sinto um pouco velha, sinto que perdi muito tempo, não por vontade minha ou por falta de empenho, mas sim pelas tais rasteiras da vida e isso ainda me causa certa revolta, mas sei que quando eu ver tudo nos trilhos, tudo do jeito que sempre sonhei, eu vou me conformar e ver que o tempo foi generoso comigo, eu sinto que isso vai acontecer.

0

Eu preciso de um óculos novo…

Tanta coisa mudando na minha vida, tanta coisa que eu quero fazer, tanta coisa que eu preciso…

Eu quero um óculos novo, na verdade eu preciso, explico lhes porque, como dizem, uma imagem vale mais do que mil palavras não é mesmo?

Imagem
A Vítima!
Imagem
Culpado pego em flagrante!

Por isso eu digo que preciso de um óculos novo, meu adorável cãozinho mastigou a perna do meu e está agora me machucando e eu não vivo sem meu óculos de humildes 7 graus, mas a grana ta curta viu e eu quero fazer tanta coisa nesse final de ano, sem contar os planos para o ano que vem, nem fiz aniversário esse ano ainda e já estou planejando a viagem que farei no meu aniversário do ano que vem, México, vocês não sabem como sonho em conhecer esse país, ver a festança do dia 02 de novembro, que coincidentemente é meu aniversário e é feriado de finados, dia dos mortos, eu odiei isso pela minha infância toda, pois sempre tive muito medo da morte e continuo tendo, mas agora passei a aceitar isso de boa e acho a festa mexicana o máximo.

No México, o Dia dos Mortos é uma celebração de origem indígena, que honra os defuntos no dia 2 de novembro, é uma das festas mexicanas mais animadas, pois, segundo dizem, os mortos visitam seus parentes, ela é festejada com muita comida e tem também as maravilhosas caveiras mexicanas (Skull Candy) que tem um significado que eu acho maravilhoso.

 

La Catrina de los toletes, na cultura popular mexicana, é a representação humorística do esqueleto de uma dama da alta sociedade. É uma das figuras mais populares da Festa do dia dos mortos no México. A palavra catrina é a variante feminina da palabra catrín, que significa dândi em espanhol. O personagem se caracteriza como um esqueleto de mulher usando um chapéu, como distintivo da alta sociedades do início do século XX e tem uma função de memento mori destinado a lembrar que as diferenças sociais não significam nada, diante da morte.

Legal né, conhecer um pouco dessa cultura me fez pensar na morte de uma forma menos triste e cruel, apesar de ainda não aceitar e ter medo, mudei minha visão um pouco, mas não é só por isso que quero conhecer o méxico, tem também as comidas gorda e as bebidas maravilhosas e pelo que já pude ver, aparentam ser um povo bem receptivo, sei que como todo país tem seus problemas sociais e dificuldades, mas tem sua beleza e eu espero que de tudo certo, e que no final de 2013 eu embarque rumo ao México, vamos?

Mas como só vou realizar esse sonho no final do ano que vem, tenho que pensar no agora, resolvi que vou fazer faculdade, foi ai que veio a dúvida, cruel dúvida do que fazer, meu pai já veio com Direito na cabeça, ele sempre quis isso, mas sinceramente não é pra mim, eu queria algo na area de… Bom eu não sei o que eu queria, me vieram várias coisas na cabeça, moda, publicidade, moda, rádio e tv, moda, Design Gráfico, moda, web design e moda, acho que vou optar por moda mesmo. Estou com um emprego em vista, nada certo ainda, mas espero que de tudo certo, quero ir no show dor Marky Ramone dia 20 de outubro, mas o problema é, com quem? Quero fazer minha festa de aniversário dia 31 de outubro para coincidir com o Halloween, pena ser numa quarta feira né? Acho que vira mais fazer no dia 02 que já é meu aniversário mesmo e é numa sexta ai já emenda, sábado e domingo de festa, Aloca, mas é isso, estou cheia de planos para esse final de ano e o começo do ano que vem, espero que pelo menos boa parte deles deem certo, por hoje é só isso!