A viagem que não fiz e algumas lembranças de infância!

Nossa fiquei bastantes dias sem postar, mas é porque minha mãe queria viajar, no entanto felizmente não deu certo, uns problemas com o carro e viagem adiada, pra eu foi bom, eu não queria ir mesmo e minha mãe estava me “obrigando” a ir, iriamos para o Paraná, terra natal, praticamente todo ano nós fazemos viagens para lá, mas esse ano eu realmente estava desanimada para ir…

Eu nasci na cidade de Campo Mourão, é uma cidade pequena, tem menos habitantes que Paulínia, mas é mais bonita e receptiva, eu gostava, mas não gostaria de voltar a morar lá, nada contra, mas meus anseios são outros, eu tenho poucas lembranças, era muito criança quando morávamos lá, porém as coisas que me lembro foram coisa marcantes, que talvez eu nunca vá esquecer, como a vez que tive um choque de realidade e descobri que as pessoas não tinham as mesmas  condições financeiras, acho que foi na copa de 98, eu frequentava a escola primária, escola pública, era uma escola boa, eu demorei para me adaptar pois eu era uma criança um pouco mimada e muito apegada a minha mãe, mas com o tempo fui “gostando” da escola não tanto, rsrsrs mesmo porque eu peguei um pouco daquela fase que os professores e os pais pensavam que disciplina era colocar medo na criança, ainda bem que hoje isso mudou um pouco, pelo menos nas escolas, mas enfim, o que me marcou naquela escola, foi quando em clima de copa a professora perguntou aos alunos quem iria assistir a copa em casa, muitos alunos responderam que não e ao serem questionados pela professora o por que, responderam que era por não ter TV em casa, eu fiquei em choque por alguns minutos, eu não sabia que era possível não ter TV em casa, fiquei pensando no que eles faziam quando chegavam em casa depois da aula, não assistiam desenho? Obvio que não, provavelmente iriam ajudar os pais nos serviços de casa ou até trabalhar fora para ajudar na renda familiar.

A professora resolveu fazer uma pesquisa na sala para ver quais eletrodomésticos que os alunos tinham e mais uma vez para minha surpresa, muitos não tinham nem geladeira, no máximo um rádio AM/FM para passar o tempo, naquele dia eu sai da escola com um nó na garganta, uma vontade de chorar por dó dos meus “coleguinhas” de classe, até então eu achava que todas as crianças tinham as mesmas coisas, que todas as casas eram iguais por dentro, que todos tinham tudo que precisavam para serem felizes, talvez eles fossem felizes, mas naquela época eu não conseguia imaginar isso.

Eu realmente lembro-me pouco de lá, era muito pequena, as lembranças ruins são as mais fortes na memória, como da vez que pisei no formigueiro e corri para o banheiro lavar o pé, estava brincando na rua e minha mãe não gostava disso, embora ela tivesse deixado, se soubesse que eu havia me machucado provavelmente não deixaria eu sair outra vez, tinha também o louco da rua que corria completamente pelado, descia a rua toda gritando e sua mãe atrás, ele as vezes pedia café, mas sua mãe falava para ninguém dar, pois segundo ela, cortaria os efeitos do remédio, um dia ele correu até o final da rua e sumiu, foi encontrado morto no riacho que tinha depois do final da rua, minha mãe ficou chateada pois havia negado o café para ele naquele dia e tinha o Sandro, um menino da minha idade que me ameaçava no colégio, dizia que se eu não emprestasse as coisas para ele, ele mataria meu pai com uma faca na barriga, eu boba acreditava nele e ficava morrendo de medo, foi uma fase difícil, mas ainda sim foi melhor do que as que passei aqui em Paulínia na escola.

Sempre que vamos ao Paraná, passamos por várias cidades, a família é muito grande e bem dividida, mas sempre faço questão de passar por onde nasci, o hospital, a casinha onde morei, me faz bem, mas esse ano acho que não irei, quem sabe ano que vem, talvez eu poste fotos.

Por hora é só!

Anúncios

O que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s